CRER – SONHAR – PLANEJAR – EXECUTAR


Na minha estada no Brasil, tive a honra e o privilégio de ter sido convidado para conversar com os acadêmicos de duas renomadas entidades de Ensino Superior na Região Sul do Brasil,  Univille e o Instituto Federal Catarinense.

Nessas sessões, tive a oportunidade de conhecer grandes mestres/professores e acadêmicos extremamente interessados, preparados e focados em seu desenvolvimento – uma inspiração para mim!

No convite, a expectativa inicial era para que eu falasse sobre minha profissão. Porém, devido ao termo de confidencialidade que mantenho com o projeto do qual hoje faço parte, busquei outro tópico.

Então decidi dividir a sessão em três partes:

  1. Minha trajetória profissional, estilo de liderança e como coaching mudou minha carreira;
  2. Como os acadêmicos podem potencializar suas oportunidades de sucesso; 
  3. Criação de um pequeno projeto para trabalharmos até 2017, onde um acadêmico de cada universidade terá a chance de receber coaching por 6 meses;

Minha apresentação estava pronta há algum tempo. Porém, depois de ter conversado com alguns acadêmicos de ambas as entidades (dias antes da apresentação), percebi a necessidade de aprofundar um pouco mais o tema coaching e como isso poderia vir a ajudar em suas carreiras e  desenvolvimento . Foi então que decidi ajustar a estratégia e em um diálogo com o meu coach Trevor Sherman. Decidimos criar um plano onde os estudantes poderiam ter a oportunidade não só de saber mais sobre o tópico, mas também e mais importantemente, envolvê-los juntamente com os mestres das universidades nessa jornada.

Durante a sessão, falei sobre a minha história pessoal e profissional, bem como a forma em que o coaching é aplicado no meu estilo de liderança no dia-a-dia. Discutimos em detalhe as ações que profissionais podem tomar para aumentar suas chances de sucesso e esses foram os principais pontos:

  1. Alinhe expectativas com as de seu(sua) gerente!
    1. O que significa sucesso para ele(a)?
    2. Quais são as três prioridades dele(a) a curto/longo prazo que você poderia apoiar?
  2. Pense em vencer e trabalhe em equipe (Ninguém vence sozinho!)
  3. Encontre um coach e um mentor – escute! (Use o seu professor como coach)
  4. Fique fora de “politicagem” (Se o seu comentário não pode ajudar, então não piore a situação)
  5. Tenha integridade como um valor pessoal em todos os momentos! (Valor pessoal é o que somos e o que fazemos quando ninguém esta olhando)
  6. Nunca pare de estudar! (Leia muito! Meu professor de História, Ourides Maurer Júnior disse-me certa feita: “A leitura liberta!” – e eu não só acredito, mas sou prova viva disso!)

Em um vídeo, Trevor enviou uma mensagem ao grupo sobre os 4 elementos de coaching adotado por TSP, o que usamos como base em nossa discussão:

 ELEMENTO O QUE SIGNIFICA PARA O COACH  OU MENTOR (TREINADOR) O QUE SIGNIFICA PARA O COACHEE (APRENDIZ)
CRER Acredite em si mesmo, e que você pode e vai fazer a diferença na vida de outras pessoas através de coaching. Acredite no potencial dos outros para crescer e ter sucesso com a sua ajuda. Isto é o que o eminente psicólogo americano Carl Rogers chama de “praticar consideração positiva incondicional” para os outros. Acredite em si mesmo e que através de coaching você poderá tornar-se uma versão melhor de si, mesmo com foco e determinação isso pode ser alcançado.
SONHAR Sonhar significa criar grandes expectativas positivas para si mesmo e para os outros. Ousar a sonhar. Co-fundador da Amway, Richard DeVos costumava dizer: “Se você tem um sonho, dê-lhe uma chance de acontecer. A vida tende a responder a nossa perspectiva para ela. Para moldar-se afim de atender às nossas próprias expectativas e a dos outros“.

Então sonhe grande e sonhe muito!

PLANEJAR É claro que você precisa de um plano. Criar oportunidades para intervir. Coaching é tanto uma técnica e uma mentalidade. Para o treinador que significa adotar uma abordagem curiosa, não-diretiva. Fazer perguntas propositalmente, ouvir e dar feedback. É isso aí. Tão elegantemente simples não é? Você faz perguntas, ouve e dá feedback. Como disse Bernardinho (treinador do time olímpico de vôlei), “As oportunidades vem camufladas de trabalho duro.”

Crie um plano ambicioso com o seu coach, buscando seu objetivo pessoal e profissional. Exemplo dado foi o plano de 90 dias que ajudou-me a manter o foco com o time e entregar resultados acima do esperado.

EXECUTAR Execução significa colocar o seu plano de coaching em ação. Criar um cronograma, metas e definir os resultados ou objetivos esperados para o seu coaching. Metas para si mesmo e metas para aqueles a quem você seja o treinador. Nada acontece até que você faça isso acontecer. Dê o primeiro passo agora.

Execute o seu plano! Ajuste de acordo com a situação, mantendo sempre o foco no objetivo final.

 O resto é prática, prática e prática.

Um diferencial no programa que trabalho com o Trevor, ao meu ver, é que o coachee é envolvido no processo usando o Modelo LARA (sigla em inglês LARA – Learning – Applying – Reflecting – Adopting).

Nesse modelo, o aprendiz é envolvido no processo onde há APRENDIZADO e APLICAÇÃO dia-a-dia, REFLETINDO sobre sucessos e oportunidades de melhoria facilitado pelo treinador (coach) e reforçado, usando GROW model (Goal, Reality, Options, Way-Forward) e o registro pessoal do coachee/aprendiz. Para mim isso é muito inspirador e belamente resumido por Benjamin Franklin – “Diga-me eu esquecerei, ensina-me e eu poderei lembrar, envolva-me e eu aprenderei!”

Trevor tem trabalhado com centenas, agora milhares de pessoas desta forma, onde satisfação tem sido vê-los crescer e superar até mesmo suas próprias expectativas elevadas. Sendo que ajudar jovens talentos é um dos pontos em comum entre minha resolução de Ano Novo e a de Trevor e inpirados pelo modelo LARA e citacao de Benjamin Franklin, decidimos criar o seguinte plano para que os acadêmicos tivessem a experiência de como o coaching pode ajudar na sua carreira, incentivar trabalho em equipe e ver/usar o professor como um coach.

QUANDO QUEM O QUE
De Agosto a Dezembro 2016 PROFESSORES

UNIVILLE: Cesar & Edson Wilson

IFC: Joceli & Luciano

IDENTIFICAR 3 TALENTOS DESSE GRUPO SOB OS CRITÉRIOS DE
_FOCO
_DESEMPENHO
_EM SALA DE AULA
_NOTAS
Dos três talentos, um a ser eleito pelos colegas como exemplo de trabalho em equipe!
ENVIAR PARA O DOMINGOS ATE FINAL DE JANEIRO-2017
Janeiro 2017 Domingos CRIAR UM PROGRAMA DE MENTOR COM 3 SESSOES DE COACHING SOB OS STANDARDS TSP.UK (https://www.tsp-uk.co.uk/ )
Julho 2017 Coachee/Aprendiz DIVIDIR EXPERIENCIA E APRENDIZADO COMO RESULTADO DO PROGRAMA DE COACHING.
Domingos A HISTORIA SERA DIVULGADA NO BLOG DE COACHING E LIDERANCA.

Boa sorte aos acadêmicos da UNIVILLE e do Instituto Federal Catarinense. Estamos ansiosos para conhecer o talento que terá a chance de receber 6 meses de coaching sob os standards TSP e colher os benefícios de coaching. A sugestão para todo o grupo é de que usem os materiais disponíveis no blog – comentem e compartilhem!

Click aqui para ver a apresentação em PDF

Agradecimentos especiais às pessoas que viabilizaram esse processo:

Mestres Acadêmicos Colaboradores
Professor César Cruz

Professor Edson Wilson

Professor Joceli Andreoli

Professor Luciano Rosa

Denilson Melo

Jairo Souza Filho

Paulo Reis – foto e video https://www.flickr.com/photos/pauloreisjr

Rosemery Wilke – escritora e leitora voraz de São Francisco Sul que gentilmente aceitou editar essa postagem.

Domingos at Univille University Sao Francisco do Sul

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.