CRER – SONHAR – PLANEJAR – EXECUTAR


Na minha estada no Brasil, tive a honra e o privilégio de ter sido convidado para conversar com os acadêmicos de duas renomadas entidades de Ensino Superior na Região Sul do Brasil,  Univille e o Instituto Federal Catarinense.

Nessas sessões, tive a oportunidade de conhecer grandes mestres/professores e acadêmicos extremamente interessados, preparados e focados em seu desenvolvimento – uma inspiração para mim!

No convite, a expectativa inicial era para que eu falasse sobre minha profissão. Porém, devido ao termo de confidencialidade que mantenho com o projeto do qual hoje faço parte, busquei outro tópico.

Então decidi dividir a sessão em três partes:

  1. Minha trajetória profissional, estilo de liderança e como coaching mudou minha carreira;
  2. Como os acadêmicos podem potencializar suas oportunidades de sucesso; 
  3. Criação de um pequeno projeto para trabalharmos até 2017, onde um acadêmico de cada universidade terá a chance de receber coaching por 6 meses;

Minha apresentação estava pronta há algum tempo. Porém, depois de ter conversado com alguns acadêmicos de ambas as entidades (dias antes da apresentação), percebi a necessidade de aprofundar um pouco mais o tema coaching e como isso poderia vir a ajudar em suas carreiras e  desenvolvimento . Foi então que decidi ajustar a estratégia e em um diálogo com o meu coach Trevor Sherman. Decidimos criar um plano onde os estudantes poderiam ter a oportunidade não só de saber mais sobre o tópico, mas também e mais importantemente, envolvê-los juntamente com os mestres das universidades nessa jornada.

Durante a sessão, falei sobre a minha história pessoal e profissional, bem como a forma em que o coaching é aplicado no meu estilo de liderança no dia-a-dia. Discutimos em detalhe as ações que profissionais podem tomar para aumentar suas chances de sucesso e esses foram os principais pontos:

  1. Alinhe expectativas com as de seu(sua) gerente!
    1. O que significa sucesso para ele(a)?
    2. Quais são as três prioridades dele(a) a curto/longo prazo que você poderia apoiar?
  2. Pense em vencer e trabalhe em equipe (Ninguém vence sozinho!)
  3. Encontre um coach e um mentor – escute! (Use o seu professor como coach)
  4. Fique fora de “politicagem” (Se o seu comentário não pode ajudar, então não piore a situação)
  5. Tenha integridade como um valor pessoal em todos os momentos! (Valor pessoal é o que somos e o que fazemos quando ninguém esta olhando)
  6. Nunca pare de estudar! (Leia muito! Meu professor de História, Ourides Maurer Júnior disse-me certa feita: “A leitura liberta!” – e eu não só acredito, mas sou prova viva disso!)

Em um vídeo, Trevor enviou uma mensagem ao grupo sobre os 4 elementos de coaching adotado por TSP, o que usamos como base em nossa discussão:

 ELEMENTO O QUE SIGNIFICA PARA O COACH  OU MENTOR (TREINADOR) O QUE SIGNIFICA PARA O COACHEE (APRENDIZ)
CRER Acredite em si mesmo, e que você pode e vai fazer a diferença na vida de outras pessoas através de coaching. Acredite no potencial dos outros para crescer e ter sucesso com a sua ajuda. Isto é o que o eminente psicólogo americano Carl Rogers chama de “praticar consideração positiva incondicional” para os outros. Acredite em si mesmo e que através de coaching você poderá tornar-se uma versão melhor de si, mesmo com foco e determinação isso pode ser alcançado.
SONHAR Sonhar significa criar grandes expectativas positivas para si mesmo e para os outros. Ousar a sonhar. Co-fundador da Amway, Richard DeVos costumava dizer: “Se você tem um sonho, dê-lhe uma chance de acontecer. A vida tende a responder a nossa perspectiva para ela. Para moldar-se afim de atender às nossas próprias expectativas e a dos outros“.

Então sonhe grande e sonhe muito!

PLANEJAR É claro que você precisa de um plano. Criar oportunidades para intervir. Coaching é tanto uma técnica e uma mentalidade. Para o treinador que significa adotar uma abordagem curiosa, não-diretiva. Fazer perguntas propositalmente, ouvir e dar feedback. É isso aí. Tão elegantemente simples não é? Você faz perguntas, ouve e dá feedback. Como disse Bernardinho (treinador do time olímpico de vôlei), “As oportunidades vem camufladas de trabalho duro.”

Crie um plano ambicioso com o seu coach, buscando seu objetivo pessoal e profissional. Exemplo dado foi o plano de 90 dias que ajudou-me a manter o foco com o time e entregar resultados acima do esperado.

EXECUTAR Execução significa colocar o seu plano de coaching em ação. Criar um cronograma, metas e definir os resultados ou objetivos esperados para o seu coaching. Metas para si mesmo e metas para aqueles a quem você seja o treinador. Nada acontece até que você faça isso acontecer. Dê o primeiro passo agora.

Execute o seu plano! Ajuste de acordo com a situação, mantendo sempre o foco no objetivo final.

 O resto é prática, prática e prática.

Um diferencial no programa que trabalho com o Trevor, ao meu ver, é que o coachee é envolvido no processo usando o Modelo LARA (sigla em inglês LARA – Learning – Applying – Reflecting – Adopting).

Nesse modelo, o aprendiz é envolvido no processo onde há APRENDIZADO e APLICAÇÃO dia-a-dia, REFLETINDO sobre sucessos e oportunidades de melhoria facilitado pelo treinador (coach) e reforçado, usando GROW model (Goal, Reality, Options, Way-Forward) e o registro pessoal do coachee/aprendiz. Para mim isso é muito inspirador e belamente resumido por Benjamin Franklin – “Diga-me eu esquecerei, ensina-me e eu poderei lembrar, envolva-me e eu aprenderei!”

Trevor tem trabalhado com centenas, agora milhares de pessoas desta forma, onde satisfação tem sido vê-los crescer e superar até mesmo suas próprias expectativas elevadas. Sendo que ajudar jovens talentos é um dos pontos em comum entre minha resolução de Ano Novo e a de Trevor e inpirados pelo modelo LARA e citacao de Benjamin Franklin, decidimos criar o seguinte plano para que os acadêmicos tivessem a experiência de como o coaching pode ajudar na sua carreira, incentivar trabalho em equipe e ver/usar o professor como um coach.

QUANDO QUEM O QUE
De Agosto a Dezembro 2016 PROFESSORES

UNIVILLE: Cesar & Edson Wilson

IFC: Joceli & Luciano

IDENTIFICAR 3 TALENTOS DESSE GRUPO SOB OS CRITÉRIOS DE
_FOCO
_DESEMPENHO
_EM SALA DE AULA
_NOTAS
Dos três talentos, um a ser eleito pelos colegas como exemplo de trabalho em equipe!
ENVIAR PARA O DOMINGOS ATE FINAL DE JANEIRO-2017
Janeiro 2017 Domingos CRIAR UM PROGRAMA DE MENTOR COM 3 SESSOES DE COACHING SOB OS STANDARDS TSP.UK (https://www.tsp-uk.co.uk/ )
Julho 2017 Coachee/Aprendiz DIVIDIR EXPERIENCIA E APRENDIZADO COMO RESULTADO DO PROGRAMA DE COACHING.
Domingos A HISTORIA SERA DIVULGADA NO BLOG DE COACHING E LIDERANCA.

Boa sorte aos acadêmicos da UNIVILLE e do Instituto Federal Catarinense. Estamos ansiosos para conhecer o talento que terá a chance de receber 6 meses de coaching sob os standards TSP e colher os benefícios de coaching. A sugestão para todo o grupo é de que usem os materiais disponíveis no blog – comentem e compartilhem!

Click aqui para ver a apresentação em PDF

Agradecimentos especiais às pessoas que viabilizaram esse processo:

Mestres Acadêmicos Colaboradores
Professor César Cruz

Professor Edson Wilson

Professor Joceli Andreoli

Professor Luciano Rosa

Denilson Melo

Jairo Souza Filho

Paulo Reis – foto e video https://www.flickr.com/photos/pauloreisjr

Rosemery Wilke – escritora e leitora voraz de São Francisco Sul que gentilmente aceitou editar essa postagem.

Domingos at Univille University Sao Francisco do Sul